Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Internacional

Rússia violou normas internacionais, diz Obama

Agência ANSA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta terça-feira que a Rússia "violou as normas internacionais" ao lançar forte presença militar na Crimeia.    

"Estamos controlando de perto o que acontece na Ucrânia. A ação da Rússia não é um sinal de força", apontou. "Estamos consultando nossos parceiros internacionais. A comunidade internacional condenou as ações da Rússia", acrescentou.    

Para Obama, as justificativas de Vladimir Putin não enganam a ninguém e a Rússia está considerando o uso da força para exercer sua própria influência.    

O secretário de Estado americano, John Kerry, por sua vez, disse que seu país "não busca se confrontar com a Rússia". Mas concordou que "os pretextos russos não podem ser apoiados", já que não tem evidências disso. 

Tags: capital, crise, mortes, política, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.