Jornal do Brasil

Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Internacional

Ban Ki-moon pede à Venezuela que ouça "aspirações legítimas"

Agência Brasil

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou hoje (3) às autoridades da Venezuela para que escutem a voz dos que protestam há semanas nas ruas contra o governo, considerando que os manifestantes têm "legítimas aspirações". Ele concedeu entrevista coletiva na 25ª sessão do Conselho dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), que começou hoje em Genebra.

O secretário pediu diálogo com a oposição e com que os estão nas ruas e não fez qualquer referência explícita à Conferência Nacional para a Paz, uma iniciativa em que participaram vários setores da sociedade civil e a Igreja, a pedido do presidente Nicolás Maduro.

Apesar de deixar claro que considera que os manifestantes devem expressar o seu descontentamento "de forma pacífica", Ban Ki-moon disse que as autoridades devem esforçar-se por respeitar os direitos de liberdade de expressão e de manifestação.

Essas preocupações, acrescentou, serão transmitidas de viva voz ao ministro dos Negócios Estrangeiros da Venezuela, Elías Jaua, com quem o secretário se reúne ainda hoje em Genebra.

A Venezuela vive uma fase de protestos contra o governo. Nas últimas semanas, várias pessoas morreram, 260 ficaram feridas e 700 foram detidas.

Tags: manifestação, onu, presidência, protesto, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.