Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Internacional

Conselho de Ministros italiano aprova novo decreto Salva Roma

Agência ANSA

O Conselho de Ministros da Itália aprovou nesta sexta-feira (28) um novo projeto para o decreto "Salva Roma", que prevê ajuda financeira para a Prefeitura da capital.    

O decreto, que precisa ser aprovado no Parlamento, contém um adicional para cobrir dívidas de transporte público, iluminação das ruas e etc. A aprovação do Conselho de Ministro ocorre dias após o governo italiano desistir de conceder um aval ao "Salva Roma", despertando revolta no prefeito da capital, Ignazio Marino. 

O antigo projeto, que foi cancelado, destinaria 1 bilhão de euros à cidade. Ontem, Marino ameaçou "bloquear" Roma e afirmou que, sem recursos financeiros, a cidade não poderá se organizar para receber milhares de turistas na cerimônia de canonização dos papas João Paulo II e João XXIII, programada para 27 de abril, no Vaticano.    

Após assumir como prefeito em 2013, Ignazio Marino, do Partido Democrático (PD), descobriu um rombo nas finanças do município, e pediu auxílio federal. O de hoje foi o primeiro Conselho de Ministros do governo do premier Matteo Renzi, que assumiu oficialmente seu cargo na última semana.

Tags: crise, italiana, política, primeiro-ministro, Renuncia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.