Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Internacional

Estados Unidos expulsam três diplomatas venezuelanos

Agência Brasil

Os Estados Unidos anunciaram hoje (25) a expulsão de três diplomatas venezuelanos. Segundo o porta voz do Departamento de Estado, Jen Psaki, a medida foi adotada em reciprocidade à expulsão de três diplomatas norte-americanos da Venezuela, na semana passada, acusados de participação nos protestos de oposição ao governo venezuelano. Segundo a imprensa de Caracas, os diplomatas Víctor Pisani Azpúrua, Luis Cajal e Marcos García Figueredo, funcionários da embaixada venezuelana em Washington, têm 48 horas para deixar o território dos Estados Unidos.

O governo de Nicolás Maduro acusa os Estados Unidos de ingerência nos assuntos internos da Venezuela, e acusa o governo norte-americano de apoiar partidos de direita nos protestos dos últimos dias, em uma ação que qualifica como “golpe de estado lento”.

Nas duas últimas semanas, a ação de grupos violentos, de autoria ainda desconhecida, causou a morte de pelo menos 14 pessoas em meio às manifestações e mais de 140 feridos.  O presidente norte-americano, Barack Obama, qualificou, na semana passada, que as acusações eram “falsas e sem fundamento”.

A decisão da expulsão dos diplomatas venezuelanos de Washington foi anunciada no mesmo dia em que a chancelaria venezuelana anunciou o nome de um novo embaixador do país nos Estados Unidos. O que, segundo o governo da Venezuela, representa uma “nova tentativa de restabelecer relações diplomáticas”.

Tags: Atos, Caracas, crise, política, protestos, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.