Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Internacional

Papa cria novos organismos econômicos no Vaticano

Agência ANSA

O papa Francisco anunciou nesta segunda-feira (24) a criação de uma nova Secretaria Econômica para o Vaticano, que será presidida pelo cardeal George Pell, e de um novo Conselho Econômico, de 15 membros, sendo oito eclesiásticos e sete laicos. Os organismos fazem parte das medidas instituídas pelo Pontífice para reformar o sistema da Santa Sé. 

De acordo com o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, Francisco quis que a criação dos dois novos organismos "fosse comunicada hoje" ao público. Lombardi também destacou que o Conselho de 15 cardeais se reuniu na semana passada com o Papa e deverá ter um outro encontro hoje com Francisco. O objetivo do Conselho é pensar em uma reestruturação econômica-administrativa da Santa Sé.    

"O Conselho de Economia criado pelo Papa determinará as políticas e as diretrizes que a Secretaria atua", comentou Lombardi. Em um comunicado oficial, o Vaticano confirmou que a Administração do Patrimônio da Sé Apostólica (Apsa) continua como "Banco Central do Vaticano, com todas as suas obrigações e responsabilidades". 

"As mudanças na estrutura econômica e administrativa do Vaticano tem também, entre seus objetivos, a melhor utilização dos recursos, melhorando o suporte para vários programas, principalmente os dedicados aos pobres e marginalizados", destacou a nota.    

As mudanças anunciadas por Francisco estão em um Motu Proprio que será publicado pelo jornal L'Osservatore Romano.

Tags: . cardeais, banco, comissões, FINANÇAS, vaticano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.