Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Internacional

Renzi deve apresentar hoje lista de novos ministros na Itália

Agência ANSA

O primeiro-ministro encarregado da Itália, Matteo Renzi, deve apresentar nesta sexta-feira (21) a lista de ministros que formarão o novo governo do país. Segundo fontes políticas, Renzi pode se reunir nesta tarde com o presidente Giorgio Napolitano para discutir o tema.

De acordo com especulações, Pier Carlo Padoan assumirá o Ministério da Economia. Ele já teria partido de Sidney, na Austrália, onde estava participando do G20 como chefe de economia e vice-secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Enquanto a lista não é apresentada, os jornais italianos estão destacando o encontro que Renzi teve com Angelino Alfano, atualmente vice-premier e ministro do Interior, e um dos líderes do partido Nova Centro-Direita, criado após o racha na legenda Povo da Liberdade (PDL), de Silvio Berlusconi.

De acordo com fontes locais, durante o encontro com Alfano, Renzi colocou-o em uma posição difícil, afirmando que ou ocupará o cargo de vice-premier ou o de ministro do Interior.

Apesar da intimidação, Alfano deu a entender à imprensa de que havia chegado a um acordo com Renzi."O meu único objetivo, junto com a Nova Centro-Direita, é fazer um trabalho útil para a Itália. Estou bastante satisfeito. Há condições para se formar um bom time", disse o vice-premier.

Questionado pelos jornalistas sobre seus cargos, Alfano se limitou a dizer que "nunca pediu para ficar com os dois". O secretário-nacional do Partido Democrático (PD), Matteo Renzi, foi encarregado por Napolitano nesta semana para formar um novo governo, após a renúncia do ex-premier Enrico Letta. 

Tags: crise, italiana, política, primeiro-ministro, Renuncia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.