Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Internacional

ONG condena prisão de líder da oposição na Venezuela

Agência Brasil

A organização internacional de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch divulgou hoje (19) nota em que condena a prisão do líder da oposição Leopoldo López, dirigente do Partido Vontade Popular, na Venezuela.

"A detenção de Leopoldo López é uma violação atroz de um dos mais básicos princípios do devido processo legal: não se pode encarcerar alguém sem ter provas que o vinculem a um crime", diz a nota, assinada pelo diretor da Human Rights Watch para as Américas, José Miguel Vivanco.

López foi detido nessa terça-feira (18), sob a acusação de terrorismo, incitação à violência e mais sete crimes contra o governo de Nicolás Maduro, que o considera o mentor intelectual dos atos violentos no país.

Ele foi levado para um presídio fora de Caracas, segundo o governo, para a segurança dele. A Human Rights Wath pediu que López seja liberado de maneira “rápida, imediata e incondicional”.

Tags: Direitos Humanos, manifestação, presidência, protesto, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.