Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Internacional

Kerry: crise na Ucrânia não se resolve derramando mais sangue inocente

Agência Brasil

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, alertou nessa terça-feira (18) que as “profundas divisões” que existem na Ucrânia não serão resolvidas “derramando mais sangue inocente” e manifestou preocupação pela “violência inaceitável” nas ruas de Kiev, a capital.

Com mais de uma dezena de mortos – há registros entre 13 e 18 –, John Kerry disse “partilhar da profunda preocupação manifestada pelo vice-presidente (Joe) Biden”.

“Pedimos ao governo da Ucrânia que impeça imediatamente a escalada da situação [de violência] e retome o diálogo com a oposição para encontrar um caminho de paz”, disse o porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki, em comunicado.

O vice-presidente Joe Biden telefonou nessa terça-feira ao presidente Víktor Yanukóvich para pedir a retirada das forças governamentais das ruas e a máxima contenção em uma resposta aos protestos.

Nota da Casa Branca diz que Biden ligou para Yanukóvich para manifestar a “profunda preocupação” norte-americana com a crise nas ruas de Kiev.

A polícia antimotim cercou ontem os milhares de manifestantes concentrados na Praça da Independência, onde ocorreram vários confrontos.

Tags: CONFLITO, EUA, secretário, UCRÂNIA, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.