Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Internacional

Renzi inicia negociações para formar novo governo

Agência ANSA

O primeiro-ministro encarregado da Itália, Matteo Renzi, realizou nesta terça-feira (18) uma série de reuniões na Câmara dos Deputados para consultar os diversos grupos políticos do Parlamento sobre a sua disponibilidade para formar um novo governo.    

O secretário do Partido Democrático (PD), que recebeu do presidente Giorgio Napolitano a missão de apresentar um gabinete que substitua o do ex-premier Enrico Letta, teve encontros com mais de 10 legendas, que vão da esquerda à direita, como a extremista Liga Norte.    

"Tudo correu bem, estamos trabalhando sobre o programa, que deve estar pronto até o final da semana. Estamos colhendo ideias para fazer uma coisa séria, compartilhada. Queremos que todas as forças se comprometam com os italianos", disse Graziano Delrio, ex-ministro e um dos aliados de Renzi.    

Um dos partidos consultados foi o Nova Centro-Direita (NCD), do ex-vice-premier Angelino Alfano, ex-braço-direito de Silvio Berlusconi e essencial para a formação de um novo governo. Criada a partir de uma dissidência no Forza Italia (FI), legenda do Cavaliere, a sigla fazia parte da coalizão que mantinha Letta no poder e, apesar de relativamente pequena, pode dificultar as ambições do secretário do PD se não der seu apoio a ele.    

"Não queremos um governo de esquerda ou de centro-esquerda. Nós queremos que ele nasça com a mesma maioria que manteve Enrico Letta. Se ele for aumentado para a esquerda, não estaremos de acordo", declarou Alfano após a reunião, acrescentando que o NCD quer formar o Executivo mais revolucionário da história recente do país.    

As consultas vão continuar nesta quarta-feira (19), quando Renzi se encontra com os líderes dos três principais partidos italianos: o Movimento 5 Estrelas (M5S), criado pelo comediante Beppe Grillo e que ameaçou boicotar as negociações, o FI, de Berlusconi, e o próprio PD. 

Tags: crise, debate, Governo, italiana, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.