Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Internacional

Papa emérito teve dia calmo no aniversário da renúncia

Agência ANSA

O secretário particular de Bento XVI e prefeito da Casa Pontifícia, monsenhor Georg Gaenswein, em entrevista à Rádio do Vaticano, relatou sobre como foi o dia do Papa emérito no aniversário de sua histórica renúncia ao Pontificado. "O dia 11 de fevereiro deste ano foi um dia como todos os outros: pela manhã começamos com uma Missa, seguimos para o breviário, depois o café da manhã e assim seguiu o dia. Claro que hoje falamos também sobre o dia 11 de fevereiro de 2013, que foi histórico, inesquecível para todos aqueles que o viveram. Mas, nada mudou na rotina do dia 11 de fevereiro de 2014", destacou Gaenswein.    

Ele ainda reiterou a atitude do então papa Bento XVI. "Foi um ato de amor, um ato corajoso, mas também um ato de grande humildade, de amor ao Senhor e à Igreja. E talvez fossem poucos, e me incluo, que entenderam rapidamente a atitude. Neste ano, acredito que cresceu a consciência sobre o quanto esse foi um ato corajoso, revolucionário, humilde e que, seguramente, trará frutos no futuro", finalizou Gaenswein.

Tags: papa, ratzinger, recolhimento, secretário, vaticano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.