Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Internacional

Maduro diz que opositores serão punidos por mortes

Agência ANSA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse, em cadeia nacional, que irá capturar "um por um" dos responsáveis pela violência registrada em manifestações realizadas nesta semana em Caracas, que deixaram ao menos três mortos e cerca de 70 feridos. O mandatário ainda disse ter "provas" de que a violência foi promovida pela oposição "nazista e fascista".   

"Já foram requisitados pela Justiça venezuelana os autores intelectuais da onda de violência que ocorreu no país durante a última semana", disse."Todos estão identificados com fotos, vídeos e vamos buscá-los por ordem da Promotoria, não ficarão impunes", advertiu.    

Enquanto o presidente discursava, na noite de ontem, milhares de venezuelanos saíram às ruas batendo panelas e buzinando para rechaçar a transmissão.    

"Estamos recebendo relatórios da situação do país, de grupos violentos que ainda estão ativos", comentou Maduro.

Tags: Atos, Caracas, mortes, protestos, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.