Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Internacional

Sul-africanos vão às urnas no dia 7 de maio, anuncia Zuma

Agência Brasil

A África do Sul terá eleições gerais no dia 7 de maio deste ano, anunciou hoje (7) o  presidente do país, Jacob Zuma. "Essa eleições serão históricas porque acontecerão no 20º aniversário na nossa liberdade das amarras do apartheid", disse Zuma.

De acordo com o presidente, ele tem se encontrado com membros da Comissão Eleitoral Independente sul-africana para discutir a preparação do pleito. O partido governista, Congresso Nacional Africano deverá vencer as eleições com mais de 60% apoio.

"Deliberamos sobre esse direito muito importante para o nosso povo, que é poder ter o governo de sua escolha", explicou.

Para ele, a África do Sul é, atualmente, um lugar melhor de se viver do que em 1994, devido à participação e a contribuição do próprio povo. O presidente lembrou que os cidadãos se registrem para votar no próximo final de semana, o último para fazê-lo, e convidou os jovens a também votarem em suas circunscrições.

"Trabalhamos duro para construir uma África do Sul pacífica a partir das ruínas do apartheid, da violência, das segregações e do ódio. Confiamos na juventude para avançar com os benefícios da liberdade e para construir este país. A África do Sul é a sua herança", disse Zuma.

Até ontem (6), mais de 24,1 milhões de pessoas haviam se registrado para as eleições de maio - 76,7% do total de pessoas aptas a votar.

Tags: áfrica, eleição, escolha, urna, votação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.