Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Internacional

Jovem mata duas pessoas em escola na Rússia

Agência Brasil

O jovem que matou duas pessoas a tiros hoje (3) em uma escola na capital da Rússia, Moscou, foi detido pelas autoridades do país. Ele manteve 25 pessoas reféns no local antes de efetuar onze disparos com um rifle, segundo o chefe de polícia de Moscou, Anatoly Yakunin.  Um professor e um policial morreram, segundo o Ministério do Interior russo. A identidade do jovem não foi informada. 

De acordo com o ministério, o aluno entrou em um sala de aula com alunos entre 15 e 16 anos. Quando a polícia chegou ao local, o jovem atirou, matou o professor, um policial e feriu outro.  O perímetro da escola foi isolado e as autoridades enviaram um helicóptero à área.

Segundo o porta-voz do Comitê de Investigações da Rússia, Vladimir Markin, o jovem que levou a arma ao colégio foi vítima de um colapso nervoso. 

"O aluno tinha um histórico excelente e deve ter tido um colapso nervoso. Quaisquer razões por trás dessa conduta serão estabelecidas ao longo da investigação", informou Markin.

De acordo com ele, o jovem será interrogado e passará por análises psicológicas e psiquiátricas. Estudantes envolvidos no incidente, os demais alunos da escola, o diretor do colégio e os guardas do local também serão interrogados. Especialistas forenses chegaram à escola para conduzir investigações de forma detalhada.

Tags: escola, morte, rifle, russia, tiro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.