Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Internacional

Síria: Genebra 2 é um "início muito modesto, mas é um início", diz ONU

Agência Brasil

A Conferência de Paz Genebra 2 sobre a Síria é um “início muito modesto, mas é um início” para o fim dos conflitos no país, afirmou hoje (31) o mediador da Organização das Nações Unidas (ONU)  e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, ao final da primeira rodada de negociações entre a oposição e o regime de Bashar Al Assad.

“Acho que existem alguns elementos que podem significar um começo, um início sobre o qual podemos construir”, disse Lakhdar Brahimi, destacando que observou alguns pontos de convergência entre as duas partes. O mediador insistiu no fato de os dois lados rivais terem estado sentados à mesma mesa pela primeira vez, em quase três anos de guerra civil.

O mediador da ONU indicou que a segunda rodada de negociações entre as autoridades sírias e a oposição deve começar no dia 10 de fevereiro. “Sugeri retomar [as negociações] com base em uma agenda acordada, para um novo encontro em 10 de fevereiro. A delegação do regime disse que precisava consultar Damasco”, disse Brahimi.

O porta-voz da oposição síria na conferência de paz, Louai Safi, avaliou que o regime sírio foi "obrigado a negociar” com os opositores. “Hoje, o regime é obrigado a negociar com uma delegação que representa as expectativas do povo sírio”, disse.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, pelo menos 1.870 pessoas foram mortas no país desde o início das negociações de paz na Conferência Genebra 2, entre 22 de janeiro e esta madrugada. O conflito na Síria já deixou mais de 130 mil mortos desde março de 2011, segundo as Nações Unidas.

Tags: Armas, Civil, guerra, mortes, sírios

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.