Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Internacional

Bailarina dança algemada para protestar na Rússia

Agência ANSA

Uma bailarina russa dançou em um parque de Moscou, a uma temperatura de 20 graus negativos e vestindo apenas um tutu branco, com os braços algemados em protesto ao governo russo.

    A ação foi realizada às vésperas da entrega ao Kremlin pela Anistia Internacional de uma petição contra as leis "liberticidas" russas.

    "È a imagem de uma Rússia comovida mas privada de liberdade", escreve hoje o jornal da oposição Novaia Gazeta, onde trabalhava a jornalista assassinada Anna Politkovskaia.

    A notícia foi divulgada por muitos sites russos, que postaram o vídeo.

    A bailarina, Aleksandra Portiannikova, dançou um trecho do Lago dos Cisnes nos jardins de uma praça perto da sede administrativa presidencial. Enquanto ela dançava em meio à neve, alguns militantes erguiam cartazes com citações voltadas ao presidente Vladimir Putin, como por exemplo: "Uma das prioridades do estado e da sociedade deve ser o apoio do movimento para a defesa dos direitos humanos".

    "É uma ação contra as leis que se aprovam no nosso país e comprometem os direitos humanos ", explicou a bailarina, lembrando em particular as normas que limitam o direito de expressão, proibindo a propaganda homossexual entre menores e obrigando as ONGS com fundos estrangeiros a se registrarem como "agentes estrangeiros".

    A Anistia Internacional conseguiu recolher mais de 300 mil assinatura no mundo todo, só na Holanda foram 100 mil, para abolir as "leis liberticidas".(ANSA)

Tags: algema, dança, manifestação, protesto, russia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.