Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

Internacional

Por falta de dólares, governo argentino deixa de pagar importação

Jornal do Brasil

O jornal argentino La Naciona afirma em sua edição desta quinta-feira (30) que o Banco Central não aprovou praticamente nenhuma operação de comércio exterior, para dar prioridade à venda de divisas para pequenos poupadores. O texto, assinado por Florencia Donovan, ressalta que praticamente todos os clientes que passaram hoje pelas casas de câmbio compraram dólares para acumular".

Os bancos, ressalta a matéria, têm encontrado uma forte demanda do público por compra de dólares no varejo. "Hoje quase nada foi aprovado para importação", afirmou um operador de mesa de câmbio de um grande banco . "Eu acho que o Banco Central também está muito atento ao que acontece nas filiais dos pontos de venda de dólares e nas filiais de vendas pela Internet.

NoMercado Aberto Eletrônico ( MAE ), onde os bancos operam trocas e transações com exportadores e importadores houve um fluxo financeiro de US$ 133 mil ontem, quando normalmente o volume é US$ 250 milhões. As operações de fechamento de câmbio pelos importadores chegam ao mercado e são aprovados pela Secretaria de Comércio importação, mas, em seguida, descobrem que não há permissão para que as compras de dólares para pagar as suas operações no exterior sejam feitas.

No final, o Banco Central registrou vendas líquidas de US$ 20 milhões, enquanto as estimativas do sistema financeiro eram da ordem de US $ 50 milhões. As reservas, por sua vez, fecharam US$ 28.520 milhões, US$ 181 milhões abaixo do total de terça-feira. 

Tags: de, e importadores, exportadores, financeiro, houve, um fluxo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.