Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Internacional

Tailândia: ONG apela a manifestantes para que não obstruam votação

Agência Brasil

A organização não governamental Human Right Watch (HRW), que defende os direitos humanos, pediu hoje (28) aos manifestantes na Tailândia que acabem com a campanha de obstrução ao voto para evitar novos surtos de violência durante as eleições gerais, previstas para domingo (2).

"Os manifestantes lutam contra a corrupção e pela necessidade de reformas, mas isso não justifica o uso da força e a intimidação para bloquear as votações (...). Impedir o voto da população é uma mostra grave de desrespeito aos direitos básicos dos eleitores e pelos princípios democráticos", declarou Brad Adams, director da HRW na Ásia.

Centenas de manifestantes bloquearam o acesso a vários locais de voto em Bangcoc e nas províncias do Sul da Tailândia no domingo (26), dia da votação antecipada para as eleições gerais de 2 de fevereiro.

Pelo menos 440 mil pessoas, dos 2 milhões que se registraram para a votação antecipada, não depositaram o voto nas urnas, segundo dados da Comissão Eleitoral tailandesa.

A oposição reivindica a demissão do governo e uma reforma do sistema político por um conselho popular não eleito de 400 membros nos próximos 12 a 15 meses.

O governo tailandês recusou-se até agora a utilizar a força contra os protestos, apostando em eleições antecipadas.

Tags: crise, eleição, hrw, Tailândia, votação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.