Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Internacional

Chanceleres acertam agenda para reunião de cúpula em Havana

Agência Brasil

Chanceleres de 33 países que fazem parte da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) começaram hoje (27) a discutir a agenda da 2ª Cúpula dos Chefes de Estado e de Governo do bloco, que será aberta amanhã (28) na capital cubana. Eles analisaram um texto com 80 pontos preparado pelas equipes diplomáticas neste fim de semana. O esboço da declaração que será votada na cúpula contém os objetivos referentes aos modelos políticos, econômicos, sociais e culturais que o bloco pretende aprofundar na região, além de temas para o desenvolvimento e a cooperação regional.

Já estão em Havana as presidentas Dilma Rousseff, do Brasil, e Cristina Kirchner, da Argentina, além dos chefes do governo do México, Enrique Peña Nieto, da Venezuela, Nicolás Maduro, da Bolívia, Evo Morales, e do Haiti, Michel Martelly. Nesta segunda -feira, a presidenta brasileira participou da inauguração do Porto de Mariel.

A Celac foi criada em 2010, durante encontro de chefes de Estado e de governo da região. A primeira cúpula do bloco foi realizada na Venezuela, em dezembro de 2011. A Declaração de Caracas unificou objetivos sobre temas de interesse comum e também rejeitou o embargo econômico dos Estados Unidos a Cuba.

No documento, a Celac apoiou a Argentina, na disputa com o Reino Unido pelas Ilhas Malvinas. A realização do segundo encontro presidencial do bloco em Havama é recebida em Cuba e por países da região com expectativa para que a Ilha volte a fazer parte das reuniões da Cúpula das Américas.

Na sexta edição do evento, realizada em 2012, em Cartagena, Colômbia, os países americanos questionaram os Estados Unidos sobre a ausência de representantes de Cuba no evento e votaram pela volta do país na próxima cúpula, prevista para o ano que vem no Panamá.

Tags: Americanos, comunidade, Cuba, estados, latino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.