Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Internacional

Chanceleres acertam agenda para reunião de cúpula em Havana

Agência Brasil

Chanceleres de 33 países que fazem parte da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) começaram hoje (27) a discutir a agenda da 2ª Cúpula dos Chefes de Estado e de Governo do bloco, que será aberta amanhã (28) na capital cubana. Eles analisaram um texto com 80 pontos preparado pelas equipes diplomáticas neste fim de semana. O esboço da declaração que será votada na cúpula contém os objetivos referentes aos modelos políticos, econômicos, sociais e culturais que o bloco pretende aprofundar na região, além de temas para o desenvolvimento e a cooperação regional.

Já estão em Havana as presidentas Dilma Rousseff, do Brasil, e Cristina Kirchner, da Argentina, além dos chefes do governo do México, Enrique Peña Nieto, da Venezuela, Nicolás Maduro, da Bolívia, Evo Morales, e do Haiti, Michel Martelly. Nesta segunda -feira, a presidenta brasileira participou da inauguração do Porto de Mariel.

A Celac foi criada em 2010, durante encontro de chefes de Estado e de governo da região. A primeira cúpula do bloco foi realizada na Venezuela, em dezembro de 2011. A Declaração de Caracas unificou objetivos sobre temas de interesse comum e também rejeitou o embargo econômico dos Estados Unidos a Cuba.

No documento, a Celac apoiou a Argentina, na disputa com o Reino Unido pelas Ilhas Malvinas. A realização do segundo encontro presidencial do bloco em Havama é recebida em Cuba e por países da região com expectativa para que a Ilha volte a fazer parte das reuniões da Cúpula das Américas.

Na sexta edição do evento, realizada em 2012, em Cartagena, Colômbia, os países americanos questionaram os Estados Unidos sobre a ausência de representantes de Cuba no evento e votaram pela volta do país na próxima cúpula, prevista para o ano que vem no Panamá.

Tags: Americanos, comunidade, Cuba, estados, latino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.