Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Internacional

Papa pede fim da violência na Ucrânia

Agência ANSA

O papa Francisco declarou hoje, 26, durante a celebração do Angelus que está rezando pela Ucrânia e pediu o fim da violência no país. "Estou rezando pela Ucrânia e todos que perderam a vida nesses dias e suas famílias". O Papa ainda disse que espera uma evolução na situação atual do país. "Espero que haja um desenvolvimento no diálogo construtivo entre as instituições e a sociedade civil e, evitando o uso da violência, prevaleça em todos os corações o espírito de paz e o bem comum", declarou. 

Milhares de manifestantes continuam a se reunir na Praça da Independência em Kiev, centro dos protestos anti-governo. A Casa Ucraniana, usada como base de operações da polícia, foi ocupada e cerca de 200 policiais tiveram que abandonar o prédio por uma porta lateral. De acordo com o Ministério do Interior, dois policiais ficaram feridos durante a invasão. Manifestantes colocaram sacos de neve em frente à porta de entrada do edifício para criar uma barreira de proteção contra possíveis ataques das forças de segurança. O ministro da Defesa da Ucrânia descartou a intervenção das Forças Armadas contra os manifestantes. "As Forças Armadas agem de acordo com a Constituição e as leis, que definem claramente seu papel e funções", declarou. (ANSA)

Tags: Francisco, igreja, papa, pontífice, vaticano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.