Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Internacional

Britânica é presa em aeroporto com mais de R$ 60 mil na calcinha

Portal Terra

A estudante britânica Nawal Msaad, 26 anos, foi presa no aeroporto de Heathrow, em Londres, depois de ser pega com 16 mil libras (R$ 60 mil) na calcinha. Nawal estava se preparando para embarcar num voo para Istambul quando foi pega com as notas enroladas em plástico-bolha escondidas na calcinha. As informações são do Daily Mail.

Nawal e Amal Elwahabi, mulher suspeita de tê-la ajudado, são acusadas de tentar enviar a quantia de dinheiro para combatentes jihadistas na Síria, país em guerra civil há quase três anos. As duas, de descendência marroquina, são as primeiras mulheres britânicas envolvidas em delitos de terrorismo desde o início dos conflitos no país do presidente Bashar al-Assad.

O juiz Howard Riddle dispensou as duas mulheres após darem seus dados e endereços, mas elas estão sob custódia da polícia. Elas vão voltar ao tribunal de Old Bailey no dia 31. 

O chefe do Comando de Combate ao Terrorismo da Scotland Yard, Richard Walton, disse que o número de jovens britânicos envolvidos nos conflitos da Síria cresceu do ano passado para cá. Os jihadistas estão atraindo um número grande de adolescentes: só no começo deste ano, 14 foram pegos envolvidos com o terrorismo.

Segundo o Daily Mail, muitos suspeitos extremistas islâmicos postaram mensagens nas redes sociais sobre suas experiências, encorajando cidadãos britânicos a se juntar a eles. Alguns jovens participam do conflito como voluntários médicos ou humanitários, mas acabam sendo convencidos a participar da jihad, lutando contra o presidente Bashar Al-Assad.

Tags: islâmicas, Londres, prisão, terminal, voo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.