Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Internacional

Síria: Teerã lamenta recuo da ONU sobre presença nas negociações de paz

Agência Brasil

Brasília – O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Javad Zarif, lamentou hoje (21) o recuo da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a participação do Irã na Conferência de Paz Genebra 2, que busca o fim dos conflitos na Síria.

“Nós lamentamos que o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon tenha, sob pressão, retirado o convite”, disse Zarif.

Menos de 24 horas depois de convidar o Irã, Ban Ki-moon retirou o convite ao país – aliado regional de Damasco, apesar da relutância imediata dos Estados Unidos e dos grupos da oposição sírios.

O Irã recusa-se a aceitar um eventual governo de transição na Síria, uma das posições apoiadas durante a primeira reunião internacional sobre o conflito na região, em 2012.

“Eu deixei bem claro durante os vários telefonemas com o secretário-geral das Nações Unidas que o Irã não aceita pré-condições para estar presente nas conversações”, disse Zarif.

“É lamentável que Ban Ki-moon não tenha coragem de informar os motivos reais que o levaram à retirada do convite”, acrescentou o chefe da diplomacia iraniana, lembrando que o “Irã não tinha sido inicialmente aceito”, como participante.

A diplomacia russa já considerou "um erro" o recuo da ONU sobre a presença do Irã na conferência de paz sobre a Síria, que ocorrerá na quarta-feira (22).

Tags: ban, conferência, Nações, PAZ, Unidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.