Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Internacional

Ban Ki-moon retira convite ao Irã para Genebra 2

Agência ANSA

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, retirou na noite desta segunda-feira (20) o convite feito ao Irã para participar da conferência de paz sobre a Síria em Montreaux (Suíça), chamada de Genebra 2. 

A ONU tinha exigido como contrapartida que Teerã reconhecesse a plataforma usada no primeiro encontro sobre o conflito sírio, realizado em junho de 2012, e concordasse com a formação de um governo de transição para substituir o regime de Bashar al Assad.    

Ali Akbar Velayatì, conselheiro para política externa do guia supremo iraniano, Ali Khamenei, declarou que tais requisitos nunca seriam aceitos, criando um impasse diplomático. "O ponto negativo da declaração de Genebra 1 é que ela pede para sentar na mesma mesa o legítimo governo da Síria e os terroristas patrocinados por nações estrangeiras", explicou Velayatì.    Segundo o porta-voz das Nações Unidas, Martin Nesirky, tal posição deixou Ban Ki-moon "consternado e profundamente desiludido". 

Após o anúncio do convite, a oposição síria no exílio chegou a comunicar que poderia cancelar sua participação em Genebra 2, decretando o fracasso da conferência, marcada para quarta-feira (22), antes mesmo do seu início.

Tags: bashar, Nações, Organização, síria, Unidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.