Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Internacional

ONU mostra preocupação por violência no Sudão do Sul

Milhares de pessoas foram obrigadas a deixar suas casas

Agência ANSA

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, afirmou estar "profundamente preocupado" com a escalada de violência no Sudão do Sul, onde centenas de pessoas foram mortas e outras milhares estão sendo obrigadas a deixar suas casas. Em um comunicado, Ban disse que está "alarmado" também com os desafio que os agentes humanitários estão enfrentando para prestar assistência aos civis locais. 

Dessa forma, o secretário-geral da ONU "condenou fortemente os ataques contra veículos de ajuda humanitária e furtos de reservas alimentares". Ontem, mais de 200 civis, entre mulheres e crianças, morreram afogados no rio Nilo Branco, em uma tentativa de fugir do Sudão do Sul. Em meados de dezembro, os confrontos entre rebeldes e forças do Exército se intensificaram no Sudão do Sul, que conquistou independência em 2011. Os combates começaram após o governo acusar os rebeldes de tentativa de golpe de Estado. As forças insurgentes são lideradas pelo ex-vice-presidente Riek Machar.

Tags: comissariado, Nações, onu, perseguições, Unidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.