Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Internacional

Manifestações no Cairo deixam ao menos 55 detidos

Agência ANSA

Pelo menos 55 pessoas foram presas durante enfrentamentos registrados hoje, dia 15, em Heliópolis, nas proximidades da sede do governo egípcio, onde partidários da Irmandade Muçulmana protestavam contra o referendo constitucional.    O grupo rechaça a votação convocada pelo governo interino para estabelecer uma nova Constituição - elaborada sem a participação da Irmandade Muçulmana e boicotada por eles.    Manifestantes foram dispersados pela Polícia com bombas de gás lacrimogêneo. O Exército reforçou a segurança no edifício, bloqueando as vias de acesso ao local.    

Além disso, um grupo ateou fogo a um posto de controle policial nas proximidades. No fluxo contrário, milhares de pessoas saíram às ruas na capital, Cairo, para apoiar a nova Constituição e o presidente interino, o general Abdel Fatah Sisi.    

O enviado da ANSA ao Egito constatou que muitas dessas pessoas estão se concentrando nas proximidades de centros de votação. Este é o segundo e último dia das votações do referendo sobre a nova Constituição.  

Tags: Atos, Egito, protestos, ruas, votação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.