Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Internacional

Julie Gayet moverá ação contra revista Closer

Revista divulgou uma suposta relação entre a atriz e Hollande

Agência ANSA

A atriz Julie Gayet, de 41 anos, moverá uma ação contra a revista "Closer", que na semana passada publicou fotos de uma suposta relação amorosa entre a artista e o presidente da França, François Hollande. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15) pela rádio RTF. O suposto caso entre Hollande e Gayet gerou repercussão mundial, já que o presidente é casado com a jornalista Valerie Trierweiler, de 48 anos. Nas fotos divulgadas pela "Closer", Hollande aparece em uma scooter em direção à casa de Gayet. 

A revista informou que o presidente "costuma passar a noite" na residência da atriz e que um guarda-costas do mandatário leva croissants pela manhã ao casal. Após a notícia vir à tona, a primeira-dama francesa teve de ser internada por uma crise nervosa. "Fui humilhada diante da França inteira", disse Trierweiler ao secretário-geral do Palácio do Eliseu antes de dar entrada no hospital. O jornal "Le Canard Enchainé" também publicou hoje que a primeira-dama sofreu a crise nervosa minutos após uma conversa com Hollande, na qual o presidente teria confirmado sua relação com Gayet. 

Por sua vez, a ministra da Cultura da França, Aurelie Filippetti, desistiu de nomear Gayet à presidência do júri do Fellows Villa Medici. O nome da atriz à liderança do júri da instituição cultural francesa em Roma tinha sido cotado em dezembro, mas o Ministério da Cultura revogou a decisão. Até o momento, o presidente da França evitou falar do tema.

    Ontem, Hollande participou de uma coletiva de imprensa e se recusou a responder perguntas sobre sua suposta relação extraconjugal. "Todos em sua vida pessoal podem passar por provações. Mas eu tenho um princípio de que assuntos particulares são tratados de forma privada. Este não é o lugar nem o momento para fazê-lo", disse. "Eu entendo a sua pergunta, você vai entender a minha resposta", disse Hollande ao jornalista ao ser questionado se "Valérie Trierweiler é ainda a primeira-dama da França". (ANSA)

Tags: Caso, França, presidente, revista, Romance

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.