Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Internacional

Pelo menos 11 pessoas morrem no Egito em meio a referendo

Agência ANSA

Até o momento, pelo menos 11 egípcios foram mortos nesta terça-feira, dia 14, vítimas da violência registrada no país no âmbito do referendo convocado pelo governo interino sobre uma nova Constituição - elaborada sem a participação da Irmandade Muçulmana, do presidente deposto Mohamed Morsi.    

Diante dos confrontos, alguns locais de votação tiveram de suspender as atividades, ainda que, em grande parte do país, o pleito tenha acontecido com relativa calma.    

Partidários do ex-mandatário tentaram boicotar a votação com atos violentos, causando enfrentamentos com as forças de segurança locais, que abriram fogo -- com aval do governo -- contra aqueles que ameaçavam os eleitores.    

O maior número de vítimas foi registrado em Sohag, no Alto Egito, onde seis pessoas foram mortas, de acordo com a imprensa local.

Tags: Atos, crise, Egito, mortos, protestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.