Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Internacional

Críticas a Kerry geram crise entre Israel e EUA

Agência ANSA

Críticas do ministro da Defesa de Israel contra o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, provocaram duras reações por parte do governo dos Estados Unidos e iniciaram uma crise diplomática entre os dois países.    

Segundo o jornal Yedioth Ahronoth, Moshe Ya'alon, que ocupa uma posição de destaque no gabinete do premier Benjamin Netanyahu, afirmou em uma conversa privada que Kerry é "obsessivo" nas negociações de paz com a Palestina e "messiânico". "Que ele pegue o prêmio Nobel e nos deixe em paz", atacou o ministro, acrescentando que os planos de segurança apresentados pelos EUA "não valem o papel no qual estão impressos".    

A primeira resposta por parte do governo norte-americano veio por meio do próprio Departamento de Estado, que definiu as palavras de Ya'alon como "ultrajantes e inapropriadas, ainda mais levando em conta os esforços que os EUA fazem pela segurança de Israel".    

Pouco depois, a Casa Branca disse que as ofensas dirigidas a Kerry são "chocantes e estão fora de lugar". Além disso, fontes da administração do presidente Barack Obama contam que foi enviada uma mensagem a Jerusalém cobrando que Netanyahu tome distância do seu ministro e repudie publicamente suas declarações. Logo após isso, Ya'alon se desculpou pelas críticas e garantiu que não tinha intenção de ofender o secretário.

Tags: . eua, crise, inter, Obama, secretário

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.