Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Internacional

Primeira-dama da França é hospitalizada

Jornal do Brasil

A primeira-dama da França, a jornalista Valérie Trierweiler, foi hospitalizada na capital do país, de acordo com o jornal Le Parisien. O fato acontece após as revelações de que o presidente François Hollande estaria tendo um caso com a atriz Julie Gayet, de 41 anos.

Segundo a secretária da primeira-dama, ela está no hospital para repousar e passar por alguns exames, mas volta para casa nesta segunda-feira (13/01).

A revista Closer, que revelou o suposto romance na última sexta-feira, pode ser processada pelo presidente. Ela publicou fotos exclusivas que confirmariam os boatos que haviam surgido nas redes sociais no ano passado, sobre uma suposta relação secreta.

O presidente francês aparece nas fotos, tiradas no começo de janeiro, em seu scooter, se dirigindo para a residência parisiense da atriz, onde "costuma passar a noite", segundo a revista. A publicação destaca que são "fotos surpreendentes que propõem, inclusive, a questão da segurança ligada ao presidente". "O chefe de Estado está acompanhado apenas por um guarda-costas que mantém o segredo destes encontros com a atriz e até leva alguns croissants", afirma a publicação.

Hollande declarou que "deplora profundamente a violação do respeito de sua vida privada" e anunciou que vai "avaliar as respostas, inclusive jurídicas" contra a revista. Já a diretora da Closer, Laurence Piau, questionada se sua revista consultou o governo antes de publicar as fotos, afirmou que "não, absolutamente não"." Não temos o costume de contatar ninguém antes de publicar fotos."

Os boatos sobre a suposta relação entre o presidente francês e Gayet tinham surgido nas redes sociais no começo do ano passado, quando a atriz moveu uma ação para identificar os autores na Internet.

A atriz, casada com o cineasta argentino Santiago Amigorena desde 2003 e mãe de dois filhos, participou da campanha eleitoral de Hollande na qual, em um vídeo,  qualificou-o como um homem "humilde, formidável e que escuta a verdade".

* Com informações da agência Ansa

Tags: Caso, França, hollande, Hospital, mulher

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.