Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Internacional

Ban Ki-moon: Sharon demonstrou coragem política e determinação

Chefe da ONU emitiu nota de pêsames à família de Sharon e ao povo de Israel

Portal Terra

As Nações Unidas lamentaram a morte do ex-primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, anunciada neste sábado (11/01). Em nota, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que estava triste com o falecimento e enviou pêsames à família de Sharon e ao povo de Israel.

?Ban lembrou que Ariel Sharon era considerado um herói para o seu povo como militar e como estadista. Ariel Sharon, de 85 anos, morreu após passar oito anos em estado de coma provocado por um derrame. O hospital Centro Médico Sabá, em Tel Aviv, disse que o ex-primeiro-ministro teve complicações cardíacas.

Em nota, o Secretário-Geral afirmou ainda que Sharon será lembrado pela coragem política e determinação que teve ao tomar a histórica e dolorosa decisão de tirar os colonos israelenses e as tropas do país da Faixa de Gaza.

Para Ban Ki-moon, o sucessor de Sharon em Israel ainda enfrenta o difícil desafio de tornar realidade as aspirações de paz entre os povos israelenses e palestinos.

Ele encerrou a nota pedindo ao país que continue o legado e o pragmatismo de Ariel Sharon no sentido de alcançar a criação de um Estado palestino independente e viável ao lado de Israel.

Tags: Israel, Ministro, morte, onu, sharon

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.