Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Internacional

Justiça italiana anula eleições de 2010 em Piemonte

Agência ANSA

O Tribunal Administrativo Regional (Tar) de Piemonte, na Itália, decidiu nesta sexta-feira (10) anular o resultado das eleições locais de 2010 que elegeram membros do Conselho Regional. Dessa forma, poderá haver novo pleito em Piemonte, no norte do país.    

O Tar acatou o recurso apresentado pela acadêmica e política italiana Mercedes Bresso, que pedia a anulação do pleito. Nas eleições de 2010, Roberto Cota, da Liga Norte, tinha sido eleito governador de Piemonte através de uma votação em lista. A lista da qual pertencia, a "Pensionati per Cota", segundo a denúncia, continha irregularidades, como falsificações. 

O conselheiro regional da "Pensionati per Cota", Michele Giovine, foi condenado a dois anos e oito meses de prisão. Membros do Partido Democrático (PD) já começaram a pedir a renúncia imediata de Cota. "Que a justiça seja feita", disse o senador do PD Federico Fornaro.

Tags: itália, municipal, Norte, pleito, região, sentença

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.