Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Internacional

Khamenei condena contato entre homens e mulheres na web

Para o líder supremo do Irã, isso leva à "imoralidade"

Agência ANSA

O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, condenou nesta quarta-feira (8) as conversas pela internet entre homens e mulheres desconhecidos, de acordo com sites de oposição iranianos. Vários deles apontaram uma proibição que o aiatolá teria escrito em sua própria página, em uma seção onde ele responde perguntas e dúvidas dos habitantes do país, dando indicações de como se comportar em casos controversos.    

Segundo o canal norte-americano Fox News, Khamenei teria afirmado que as relações entre pessoas de sexos diferentes na web "não são permitidas", uma vez que, "frequentemente", levam à "imoralidade".    

Após as manifestações de 2009 contra o governo convocadas por meio das redes sociais, sites como Facebook, Twitter e YouTube foram bloqueados no Irã, ainda que diversos setores da população tenham acesso a eles graças a softwares piratas.

Tags: condenação, doutrina, iranianos, muçulmana, mulheres

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.