Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Internacional

EUA e Rússia discutirão presença do Irã em Conferência de Paz

Agência Brasil

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, vão se reunir na próxima segunda-feira (13) para discutir a participação do Irã na Conferência Genebra 2, sobre a questão da Síria. A Organização das Nações Unidas (ONU), que tem mediado a crise no país trilateralmente, ao lado dos Estados Unidos e da Rússia, não deverá participar do encontro sobre a presença dos iranianos na conferência.

De acordo com o vice-porta-voz do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, Farhan Haq, não haverá consulta trilateral nessa questão. Ontem (6), Ban Ki-moon enviou os convites aos 26 países que deverão participar de Genebra 2, mas o Irã não estava entre os convidados. Nessa segunda-feira, John Kerry falou sobre a possibilidade de incluir o país na tentativa de solução da crise síria. A participação iraniana, no entanto, não foi confirmada.

A lista de convidados de Genebra 2 inclui representantes das principais potências internacionais - como os cinco países com assento permanente no Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido) - e regionais, como a Arábia Saudita, que apoia a oposição síria. Na última sexta-feira (3), o Conselho Nacional Sírio, o grupo mais importante da oposição, informou que não iria participar da conferência. A Coligação Nacional Síria, que reelegeu no domingo (5) o líder Ahmed Jarba, ainda vai decidir sua participação.

A Conferência Genebra 2 deverá começar em Montreux, na Suíça, no dia 22 de janeiro, sob a presidência do secretário-geral da ONU. Representantes de mais de 20 países deverão participar. No encontro, o governo e a oposição vão tratar da intensificação dos conflitos no país, em março de 2011.

Tags: conferência, estados, exteriores, Relações, unidos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.