Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Internacional

Estados Unidos enfrentam onda de frio ártico e neve intensa

Agência Brasil

Brasília – A chegada de uma onda de frio ártico nos Estados Unidos está causando neve intensa no Norte e em áreas centrais do país. De acordo com o último comunicado do Serviço Nacional de Meteorologia norte-americano, entre hoje (6) e quarta-feira (8), as temperaturas no país ficarão abaixo da média para o período e poderão atingir -51 graus Celsius (°C) no Norte e regiões centrais dos Estados Unidos. A frente fria polar deverá causar as temperaturas mais baixas dos últimos vinte anos. Estima-se que mais de 140 milhões de pessoas sejam afetadas pelo frio intenso.

As áreas mais atingidas são as Planícies do Norte (que englobam os estados de Utah, Colorado, Montana, Nebraska, Dakota do Norte, Dakota do Sul e Wyoming) e os Grandes Lagos (Illinois, Indiana, Michigan, Minnesota, Nova York, Ohio, Pensilvânia e Wisconsin), até o Vale do Tennessee (acima dos estados de Kentucky e Virgínia).

Segundo o comunicado, uma forte frente fria irá se mover da costa Leste para o Atlântico na noite desta segunda-feira, o que deverá provocar precipitação moderada – neve nas áreas mais frias; e chuva, nas menos frias.

Em Chicago, a neve intensa que caiu no último sábado (4) fechou um dos aeroportos internacionais da cidade, o que provocou o cancelamento de mais de 1,2 mil voos. As autoridades do estado de Illinois esperam acúmulo de mais 25 centímetros de neve nos próximos dias.

O Aeroporto John F. Kennedy (JFK), em Nova York, anunciou a suspensão de voos domésticos e internacionais devido às condições climáticas na manhã de ontem. O terminal foi reaberto, mas opera com atrasos. Mais de 3 mil voos foram cancelados no domingo em aeroportos de todo o país. Escolas e órgãos do governo em algumas cidades também chegaram a ser fechados.

Tags: EUA, frente fria, Inverno, neve, termometro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.