Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Internacional

Pesquisa aponta que 62% querem que rei Juan Carlos abdique ao trono

Jornal do Brasil

Pesquisa divulgada nesta domingo (5) pelo jornal El Mundo mostra que 62% dos entrevistados espanhóis desejam que o rei Juan Carlos abdique em favor do filho, o príncipe Felipe. A notícia chega no dia do aniversário do rei, que completa 76 anos, há 38 ocupa o trono, e teve a maior queda de popularidade de todo o seu reinado.

A pesquisa da Sigma Dos mostra que apenas 41,3% manifestaram uma opinião boa ou muito boa sobre Juan Carlos, contra mais de 76% há dois anos.

Os espanhóis estão cada vez mais decepcionados com as denúncias de corrupção envolvendo a filha do rei, a princesa Cristina, e seu marido, Iñaki Urdangarin. As denúncias ganham ainda maior proporção num momento de crise econômica e desemprego generalizado no país. Urdangarin foi acusado de desvio de 6 milhões de euros em fundos públicos. Tanto ele quanto Cristina negam.

>> Monarquia espanhola em risco

Entre os que defendem a abdicação, a maioria é de jovens. O príncipe Felipe, de 45 anos, recebeu uma avaliação positiva de 66% dos entrevistados, com a maioria acreditando que a monarquia poderia recuperar o prestígio caso ele assuma o trono.

Além das denúncias envolvendo sua família, o rei Juan Carlos passa também por problemas de saúde, e foi submetido a uma série de operações no quadril e nas costas.

Tags: Corrupção, crise, denúncia, percentual, pesquisa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.