Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Internacional

Começa operação de resgate dos passageiros do navio russo preso no gelo

Agência Brasil

Brasília - Começou hoje (2) a operação de resgate dos passageiros do navio russo MV Akademik Shokalskiy, preso no gelo da Antártica desde o dia 24 de dezembro. O anúncio foi feito pelo chefe da expedição, Chris Turney. Desde que os primeiros pedidos de ajuda foram emitidos, uma série de tentativas para o início dos trabalhos foi frustrada devido, principalmente, às condições meteorológicas na região, a mais de 2,7 mil quilômetros ao sul da cidade australiana de Hobart. O MV Akademik Shokalskiy é um navio de pesquisa e conta com 52 passageiros de diversas nacionalidades e 22 integrantes da tripulação.

Em sua conta no Twitter, Turney disse que "o helicóptero chinês chegou ao Shokalskiy. É 100% certo de que seremos retirados. Um enorme agradecimento a todos", escreveu. O comentário do chefe da expedição foi acompanhado por um vídeo que mostra um helicóptero chinês voando do quebra-gelo Xue Long (embarcação responsável por quebrar o gelo e liberar o caminho para a passagem de outros navios) até uma pista de pouso marcada no gelo, próxima ao navio russo.

A complexa operação de salvamento prevê que os passageiros do MV Akademik Shokalskiy serão resgatados de helicóptero e transportados para o navio quebra-gelo chinês Xue Long. Em seguida, eles serão levados em outra embarcação até ao navio australiano Aurora Australis. A Autoridade de Segurança Marítima Australiana estima que o resgate dos 52 passageiros do navio, entre cientistas, turistas e jornalistas, levará pelo menos cinco horas, dependendo das condições meteorológicas.

O MV Akademik Shokalskiy relembrava a expedição efetuada há um século na Antártica pelo explorador Douglas Mawson, a qual ofereceu o primeiro estudo completo sobre o continente gelado.

Tags: antártica, embarcação, gelo, socorro, Tempo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.