Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Internacional

Maduro fala em 2013 como ano 'difícil' e pede fim da insegurança e especulação

Jornal do Brasil

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela eleito em abril, fez  um balanço do seu governo em 2013, na última sexta-feira (27/12), transmitido na rádio e na televisão do país. Para o mandatário, o ano que passa foi difícil e doloroso, e exige que o próximo ano conte com uma ofensiva de seu governo contra a especulação de preços e a insegurança nas ruas.

O presidente ressaltou o plano Pátria Segura, que que garante a presença de militares nas ruas para o combate da insegurança e que deve ser melhorado no ano que vem. 

Falou também sobre a necessidade de um plano que combata a alta dos preços. A inflação chegou a taxa anual de 50%. Segundo Maduro, é preciso lutar contra a guerra econômica que os empresários travam para desestabilizar o governo atual. 

"Sintam-se com a satisfação e a felicidade do dever cumprido neste difícil, doloroso e duro ano 2013. Virão novas batalhas em 2014, mas provamos que podemos enfrentá-las", disse.

Tags: 2013, balanço, Governo, maduro, Venezuela

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.