Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Internacional

Colorado e Washington flexibilizam leis sobre consumo de maconha

Em janeiro serão abertos os primeiros "coffee shops" dos Estados Unidos

Agência ANSA

Em janeiro de 2014, serão abertos em Washington e no Colorado os primeiros coffee shops, lugares destinados ao consumo recreativo da maconha, dos Estados Unidos. E se os cultivadores da erva já esfregam as mãos por conta das possibilidades de aumentar seus lucros, as autoridades locais também estão se preparando para embolsar os primeiros impostos dos novos negócios.    

Os dois estados legalizaram o uso da cannabis para fins recreativos após os referendos do último mês de novembro, mas a lei só vai entrar em vigor no primeiro dia de 2014. 

"A novidade atrai pessoas de todas as partes. Esperamos gente do Texas, Arizona e Utah. Nos últimos meses, recebi de quatro a seis emails e de cinco a 10 ligações por dia de pessoas que me perguntam detalhes da lei e como combinar uma viagem com esqui e cannabis", explica Adam Raleigh, dono da Telluride Bud Company, empresa que comercializa maconha para fins medicinais.    

Nos Estados Unidos, o consumo da erva em tratamentos médicos é legal e regulamentado em 19 estados. E na maior parte do país, o uso recreativo não é considerado um crime. Mas Colorado e Washington deram um passo a mais, ao criar um sistema em que entidades locais deverão supervisionar o cultivo, a distribuição e a venda da planta.    

E o potencial desse mercado no país é enorme. Segundo uma pesquisa da sociedade ArcView, as vendas de cannabis dentro da lei vão aumentar 64% em 2014, atingindo um valor de US$ 2,3 bilhões (R$ 5,4 bilhões).

Tags: coffee, estados, maconha, shops, unidos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.