Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Internacional

Papa Francisco celebra a sua primeira Missa do Galo, no Vaticano

"Jesus é a luz que dissipa as trevas", disse o Pontífice para milhões de fiéis

Jornal do Brasil

Para milhões de fiéis que lotaram a Basílica de São Pedro, no Vaticano, para assistir a primeira celebração da Missa do Galo pelo Papa Francisco, o Pontífice disse: "Jesus é a luz que dissipa as trevas". A celebração teve início às 21h30min (18h30 horáio de Brasília) abre o calendário natalino no Vaticano. A homília pronunciada pelo Papa teve como tema o nascimento de Jesus, celebrado na data festiva pelos católicos. 

"Somos um povo em caminho, e a nosso redor - e também dentro de nós - há trevas e luzes, mas na noite de hoje, quando o espírito das trevas cobre o mundo, se renova o acontecimento que sempre nos assombra e surpreende: o povo vê uma grande luz", disse o Pontífice. Francisco pediu aos fiéis que "não temam". E acrescentou: "nosso pai tem paciência conosco, nos ama, nos dá Jesus como guia no caminho à terra prometida. Ele é a luz que dissipa as trevas. Ele é nossa paz".

A celebração, em homenagem à data mais importante do calendário católico, contou com preces e muitos cânticos em latim. Durante todo o tempo o Papa Francisco manteve uma expressão de muita seriedade. O Pontífice também comentou sobre os termos "caminhar" e "ver", afirmando que: "a identidade dos crentes católicos é ser peregrinos rumo à terra prometida". E disse ainda: "também em nossa história pessoal se alternam momentos luminosos e obscuros, luzes e sombras".

Francisco falou da união entre os "irmãos" e a necessidade de manter sempre o coração aberto à luz: "se amamos a Deus e aos irmãos, caminhamos na luz, mas se nosso coração se fecha, se prevalecem o orgulho, a mentira, a busca do próprio interesse, então as trevas nos rodeiam interiormente e por fora". O Papa lembrou as passagens bíblicas do nascimento de Jesus e lembrou que os pastores foram os primeiros que receberam o anúncio do nascimento de Jesus - "porque eram dos últimos, os marginalizados", disse o Papa. E ele finalizou a homília lembrando que: "Deus nos ama, nos ama tanto que nos deu a seu Filho como nosso irmão, como luz para nossas trevas".

Incenso da Missa do Galo foi fabricado no Brasil

Estava no ar a presença brasileira na primeira Missa do Galo celebrada pelo Papa Francisco. O incenso usado na Santa Missa foi fabricado de forma artesanal por uma empresa de São João da Boa Vista, interior de São Paulo. Batizado de ‘Urb Et Orb’, que em latim significa ‘Da cidade para o mundo’, o incenso seria usado na Jornada Mundial da Juventude, realizada no Rio de Janeiro em julho deste ano.

A fórmula do incenso é um segredo muito bem guardado pelo empresário Martinho Rocha, que conta que teve uma inspiração para criá-la - "acordei de madrugada com ela pronta". Com a matéria-prima importa da África e Oriente Médio, Martinho faz uma mistura que, segundo ele, simboliza a união dos povos. A rosa, por exemplo, é uma referência à Nossa Senhora, santa de devoção do Papa. O empresário ficou sabendo que o incenso produzido no seu laboratório seria usado na Missa do Galo quando esteve no Vaticano, recentemente. 

Inauguração de presépio abre as comemorações no Vaticano

O tradicional presépio da Praça São Pedro, no Vaticano, foi inaugurado na tarde desta terça-feira (24). A obra sagrada foi um presente da diocese de Nápoles. A cerimônia contou com a presença do presidente do Governo da Cidade  do Vaticano, cardeal Giuseppe Bertello e de representantes do município de Nápoles. O clima de emoção do Natal tomou conta da Praça São Pedro, com a performance da banda vaticana, que se apresentou durante a inauguração do presépio. 

A obra foi uma criação do artista napolitano Antonio Cantone, com figuras que chegam até dois metros de altura, feitas em terracota. O cardeal Giuseppe Bertello lembrou que é uma tradição para os romanos e para os peregrinos o momento de celebração natalina no Vaticano, considerando a celebração como um "momento de alegria e esperança". 

Este ano, o presépio foi montado junto ao obelisco da praça e tem como tema "Francisco 1223-Francisco 2013". A frase é uma referência à São Francisco de Assis, santo que inspirou o Papa na escolha do nome para o seu pontificado e também foi o primeiro a montar um presépio. O cardeal Angelo Comastri, num ato simbólico, acendeu a "luz da paz" em nome do Papa Francisco. 

Tags: basílica, cânticos, celebração, latim, Natal, papa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.