Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Internacional

Imigrantes são transferidos de Lampedusa

Vídeo causou polêmica ao mostrar imigrantes nus passando por desinfecção contra sarna

Agência ANSA

Um primeiro grupo de cem refugiados, entre os 219 presentes no centro de acolhimento de imigrantes na ilha de Lampedusa, no sul da Itália, é transferido para a cidade de Palermo. Ainda nesta terça-feira (24/12), um segundo grupo também deverá deixar as instalações. 

O deputado do Partido Democrático (PD), Khalid Chaouki, está a 48 horas no centro em protesto contra a forma como o local está sendo utilizado. "A transferência dos mais de 200 imigrantes do centro de acolhimento de Lampedusa para instalações mais adequadas não pode mais ser adiado", declarou o deputado. 

"Eu não sairei daqui enquanto o centro não volte a desempenhar o seu papel designado pelos tratados internacionais: o de ser um local temporário, onde a permanência não pode exceder 96 horas", afirmou. 

De acordo com o deputado, sete imigrantes que estavam no naufrágio de 3 de outubro ocorrido na Costa de Lampedusa e 10 que estavam no de 11 de outubro ainda permanecem no local, mas suas transferências dependem de uma autorização judicial. 

"O Ministério da Justiça disse sim a uma solução para consentir a saída das 17 testemunhas da justiça hospedadas no centro de acolhimento para serem transferidas para outra estrutura da ilha", informou. 

Chaouki já declarou que continuará no centro enquanto o problema desses sobreviventes não seja resolvido. Na semana passada, um vídeo divulgado pelo telejornal italiano Tg2 causou polêmica ao mostrar imigrantes do centro de acolhimento passando por um processo de desinfecção contra a sarna. 

Eles estavam nus - apesar do frio - sob os olhos de todos e, com os braços abertos, recebiam o medicamento através de uma mangueira. Após a divulgação das imagens, o governo italiano decretou que iria reincidir o contrato com a empresa que gerencia o local. Apesar do anúncio, o Ministério do Interior ainda não providenciou a rescisão.

Tags: imigrantes, itália, lampedusa, naufrágio, transferência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.