Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Internacional

Pai de executiva demitida após tweet racista chama filha de "idiota"

Portal Terra

O pai da ex-diretora de comunicação da InterActive Corp (IAC) Justine Sacco, demitida da empresa depois de ter feito piada no Twitter com as vítimas da Aids na África, se disse envergonhado pela atitude da filha, a quem chamou de "idiota". Um sul-africano foi ao aeroporto esperar por Justine após o tweet polêmico, postou uma foto do seu desembarque e relatou a conversa que teve com o pai dela. 

Identificado como Zac, o usuário do Twitter afirmou pela rede de microblogs que o pai de Justine é sul-africano, mas decidiu não criar a filha no país por causa do racismo. "O pai de Justine se desculpa e está basicamente em lágrimas", escreveu.

>> IAC demite relações públicas que publicou mensagem racista nas redes sociais

Justine postou uma mensagem, lida apenas por seus seguidores, então 200, na sexta-feira. "Indo para a África. Espero não contrair Aids. Brincadeira. Sou branca!", dizia a postagem, feita antes dela embarcar para a África do Sul e encaminhada para um funcionário do site Buzzfeed.com, que lhe deu maior divulgação. Ela foi demitida da IAC, empresa proprietária de sites como match.com, Meetic, Vimeo e The Daily Beast, após o post.

"O comentário ofensivo não reflete a visão, nem os valores, da IAC", assinalou a empresa. "Tratamos este assunto com muita seriedade, e tomamos medidas junto à funcionária envolvida. Não há justificativa para o comentário publicado, que condenamos com firmeza."

Justine desculpou-se, em um comunicado citado pela ABC News: "Palavras não podem expressar o quanto me arrependo e o quanto é necessário para mim pedir desculpas ao povo sul-africano, que ofendi com uma mensagem desnecessária e insensível."

Tags: áfrica, aids, justine, Racismo, Twitter

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.