Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Internacional

De la Rúa é absolvido de acusação de suborno

O ex-presidente argentino foi acusado de comprar votos no Senado

Agência ANSA

O ex-presidente argentino Fernando de la Rúa (1999-2001) foi absolvido nesta segunda-feira (23/12) da acusação de pagar subornos a senadores, a fim de aprovar uma lei de flexibilidade trabalhista durante seu mandato.    

Também foram absolvidos outros sete acusados, entre eles um ex-chefe de Inteligência, Fernando de Santibanez, o ex-ministro do Trabalho Alberto Flamarique y Pontaquarto, quatro senadores, Alberto Tell, Augusto Alasino, Remo Costanzo e Richard Branda, e um empregado administrativo do Senado, relator do suposto delito, Mario Pontaquarto.    

Após 14 meses de julgamento, a Justiça local considerou que não foi comprovada a existência do esquema, livrando os réus de penas de até seis anos e meio de prisão. Ao deixar o tribunal, o ex-mandatário declarou que o julgamento "demonstrou a inexistência de toda suspeita de corrupção em meu governo e esclareceu a verdade". 

Tags: Argentina, argentino, ex-presidente, rua, senado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.