Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Internacional

Carta sobre treinamento de Mandela agora é pública

Madiba teria participado de um treino do Mossad na Etiópia

Agência ANSA

Os Arquivos de Estado de Israel tornaram público o documento que revela o treinamento de Nelson Mandela pelo Mossad, o serviço secreto israelense, em 1962, na Etiópia, pouco antes do retorno de Madiba à África do Sul, quando foi preso. As informações são do jornal israelense Haaretz. 

O documento, intitulado "primavera negra", foi enviado por um oficial do Mossad ao Ministério dos Exteriores de Israel e detalha o treinamento do jovem líder no uso de armas e de técnicas de guerrilha. 

Na ocasião, o Mossad não tinha conhecimento da verdadeira identidade de Mandela, fato que só veio à tona após sua prisão. Madiba teria dito que seu nome era David Mosbari e que era proveniente de Rhodesia (atual Zimbábue).    

De acordo com o documento, Mandela teria demonstrado interesse no método de treinamento do Haganah, exército clandestino pré-Estado hebraico. Na época, Mandela já era muito ativo na luta pela resistência ao regime apartheid na África do Sul. Em janeiro de 1962, teria deixado seu país secretamente para visitar algumas nações africanas, entre elas a Etiópia, com o intuito de entrar em contato com líderes locais e conseguir financiamento para o National African Congress (Anc) e sua ala armada.

Tags: armada, Israel, luta, Mandela, treinamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.