Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Internacional

Dupla é condenada por matar soldado britânico com machete

Portal Terra

Dois extremistas nascidos no Reino Unido e inspirados pela Al-Qaeda foram condenados nesta quinta-feira pelo assassinato do soldado britânico Lee Rigby, informa a agência AP. Michael Adebolajo e Michael Adebowale, cidadãos de origem nigeriana, serão sentenciados no início do ano que vem. 

Eles foram considerados culpados de atropelar com um carro e esfaquear até a morte o soldado durante um ataque em Londres em 22 de maio. Adebolajo, 29 anos, tentou cortar a cabeça do soldado. Ele também apareceu em um vídeo, coberto de sangue e segurando uma grande faca, em que justificou a ação afirmando que "muçulmanos são diariamente mortos por soldados britânicos". 

Após o ataque, ambos os homens aguardaram na cena e atacaram um carro policial que se aproximou brandindo um machete e uma arma de 90 anos. Os policiais dispararam contra ambos. A dupla negou que estivesse tentado matar agentes da polícia, e afirmou que desejavam apenas provacá-los para que fossem baleados e se tornassem "mártires". 

Durante o julgamento, nenhum dos dois negou participação do incidente, mas Adebowale, 22 anos, se declarou inocente da acusação de assassinato. Eles foram absolvidos da acusação de tentativa de assassinato de um policial. 

Adebowale e Adebolajo se consideram "soldados de Alá". 

Tags: acusação, assassinato, baleados, julgamento, soldados

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.