Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Internacional

Visita do presidente francês ao Brasil deve fortalecer parcerias comerciais 

Jornal do Brasil

Pelas informações do jornal Le Mond, sete ministros e presidentes de 50 empresas participaram da comitiva do presidente da França, François Hollande, que esteve no Brasil na sexta-feira passada (13/12). O presidente francês disse à Dilma Rousseff que esta viagem foi uma das mais importantes visitas de Estado do seu governo. Holland acrescentou que o seu intuito é dar um novo impulso à parceria estratégica entre os dois países, estabelecida desde o ano de 2006. A cooperação facilitou os contratos militares para a entrega de 50 helicópteros e fabricação de cinco submarinos no sul do Rio de Janeiro.

O jornal francês destacou ainda que a rápida passagem do presidente Hollande pelo Brasil foi marcada por atrasos significativos, desconfortos gerados por um soldado da guarda e jornalistas, além das piadas dos estudantes que protestavam contra a Copa do Mundo. 

A reportagem destaca que vários contratos entre Brasil e França vem sendo assinados longe do alcance das câmeras. Cita o compromisso do grupo que participa do consórcio vencedor o Leilão de Libra, no campo da defesa civil e de telecomunicações. Dois acordos foram rubricados na sexta (13) entre o governo da França e o estado brasileiro de São Paulo. Um envolve investimento de 300 milhões de euros da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a construção de uma linha de metrô do aeroporto de São Paulo ao Centro da capital. O outro contrato foi classificado como um "investimento significativo" para a construção de um centro de negócios perto do aeroporto de Roissy-Charles-de-Gaulle, ao norte de Paris. "Com esses dois acordos abre um novo capítulo nas relações com a França ", elogiou o governador Geraldo Alckmin.

O Le Mond destacou ainda que a presidente Dilma Rousseff destacou a importância do comércio na "qualidade e equilibrado" com a França. O texto aponta que uma forma de lembrar o papel central desempenhado pela França, que em mais de 600 empresas locais, é enfatizando a função essencial que agora é o gigante da América Latina para a economia francesa.

Tags: contratos, militares, países, Parceria, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.