Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Internacional

Italiano é condenado por furtar bandeira da UE

Agência ANSA

O vice-presidente do grupo neofascista Casapound, Simone Di Stefano, foi condenado a três meses de reclusão e ao pagamento de uma multa de 100 euros (R$ 320) por furtar uma bandeira da União Europeia na sede do bloco econômico em Roma no último sábado (14).    

O crime ocorreu durante um protesto dos "Forconi", movimento iniciado por trabalhadores agrícolas para cobrar a redução de impostos no setor. O líder de extrema-direita utilizou uma escada colocada sobre um automóvel para alcançar o topo do mastro e tentar pendurar uma bandeira da Itália. "A bandeira da União Europeia não tem absolutamente nenhum valor espiritual porque representa uma construção técnico-financeira que se baseia na escravidão dos povos europeus", afirmou Di Stefano.    

Na manhã desta segunda-feira (16), dezenas de militantes do Casapound se reuniram em frente à corte para pedir a libertação do seu vice-presidente. Os manifestantes carregavam diversas bandeiras da Itália e entoaram coros contra o governo e os partidos.

Tags: Bandeira, crime, Europa, itália, militantes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.