Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Internacional

Irmandade Muçulmana boicotará pleito constitucional

Agência ANSA

Membros do grupo Irmandade Muçulmana boicotarão o referendo sobre a nova Constituição que será realizado no Egito entre 14 e 15 de janeiro.

    O porta-voz Mohamed el Qhatib alegou que a votação foi organizada por uma autoridade originada "de um golpe de Estado".

    Ainda de acordo com o representante, participar da consulta significaria reconhecer o governo interino.

    A reforma constitucional é a primeira etapa da transição do poder no país das Forças Armadas para a sociedade civil -- quando serão realizadas eleições Parlamentares e Presidenciais.

Tags: constituição, Egito, estado, golpe, votação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.