Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Economia

Controle das telefonias: Telefônica estuda ação judicial contra decisão do Cade

Jornal do Brasil

A Telefônica está questionando a decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que aprovou a operação que dá à empresa o controle da operadora de telefonia celular Vivo, porém restringiu os seus negócios, determinando que ela não poderá ser a única controladora e terá que apresentar um sócio. A Telefônica tem participação na telefonia da TIM. O jornal espanhol El País destacou que que a Telefônica tem expectativa de crescimento no Brasil com o crescimento da Telecom Itália, dona da Tim, e considera "não razoáveis" as exigências do Cade, por isso está estudando a possibilidade de uma ação judicial.  

Segundo a matéria do El País, a Telefônica não renunciou à operação, mas tomou medidas que preservam o Brasil. "A fim de reforçar o nosso forte compromisso com as obrigações anteriormente assumidas pela Telefônica para ficar fora dos negócios da Telecom Itália no Brasil, Cesar Alierta Izuel e Julio Linares Lopez demitiram-se a seus postos de diretores da Telecom Itália", destaca um trecho da matéria que foi retirado do comunicado emitido pela Telefônica aos veículos de comunicação. 

O jornal espanhol explica que o Brasil está preocupado com a concorrência neste mercado, que pode surgir a partir dos vínculos entre Telefônica e Telecom Itália, que controlam as duas maiores operadoras do país. O alarme foi dado no último movimento da Telefônica, que aumentou sua participação na Telco (principal acionista da Telecom Itália) de 46,2% para 66%, com meta de chegar à 70%. 

O Cade orientou a empresa a vender a sua participação na TIM ou entrar com um novo sócio que tenha o peso de participação semelhante ao que tinha antes de vender sua parte para o espanhol. "Telefônica considera que as medidas impostas não são razoáveis ??e, portanto, está estudando a possibilidade de iniciar uma ação legal", anunciou o grupo na sexta-feira (13). A reportagem diz também que, além do pedido de demissão ao conselho da Telecom Itália, Linares vai renunciar da sua posição na lista apresentada pela Telco (Telecom Itália) para o potencial de reeleição do Conselho de Administração da empresa, durante a Assembléia Geral de Acionistas da Companhia, que vai acontecer no dia 20 de dezembro de 2013.

Tags: cade, celular, controle, operadora, telefonia, tim, vivo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.