Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Internacional

El País: Londres e Paris adotaram um discruso xenófobo

Jornal do Brasil

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o presidente francês, François Hollande, adotaram posturas políticas semelhantes às vésperas das eleições europeias. Já os seus opositores Nigel Farage, da UKIP, e Marine Le Pen, da Frente Nacional, estão levantando as suas demandas xenófobas, segundo as informações do jornal espanhol El País.

A reportagem do El País citou o caso da adolescente Leonarda Dibrani Kosovo, expulsa da França, avaliando as decisões do ministro do Interior, duramente criticado na época do episódio. "Agora ouvir David Cameron demonstrar em público que está preocupado com o fato de que a partir de janeiro de 2014 a Romênia e a Bulgária serão capazes de trabalhar livremente no Reino Unido é vergonhoso. (...) Cameron chama os imigrantes de aproveitadores que querem explorar o sistema de previdência social britânica, promete deportar aqueles que mendigar. (...) que vai restringir o acesso dos cidadãos desses países para todos os tipos de trabalho, assistência social ou habitação e, por outro, promover, juntamente com outros países da UE (Áustria , Alemanha e Países Baixos), limitação do direito de estabelecimento em países terceiros", destaca o texto do El País.

A matéria diz ainda que David Cameron "egoisticamente" se esqueceu de que o direito de trabalhar em um país não pertencente à UE, mas é uma parte inseparável do pacote de quatro liberdades que compõem o mercado interno (livre circulação de pessoas, capitais, bens e serviços) e sem qualquer um desses quatro pilares a UE desmorona. Lembrou também que em 20 de setembro, na conferência política do seu partido, Nigel Farage comentou sobre a "onda de criminalidade que assola Londres" e disse aos eleitores para se prepararem para o afluxo de criminosos da Bulgária, a partir de primeiro de janeiro.

Tags: Eleições, europeias, França, políticas, posturas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.