Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Internacional

Com FHC, Lula, Collor e Sarney, Dilma embarca para a África do Sul

Eles assistirão aos funerais de Nelson Mandela

Portal Terra

A presidente Dilma Rousseff embarcou nesta segunda-feira (09) para a África do Sul, onde vai acompanhar o funeral do ex-presidente Nelson Mandela, que morreu na última quinta-feira (05), vítima de complicações respiratórias.  Acompanhada de quatro ex-presidentes brasileiros (Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Collor e José Sarney), o avião presidencial deixou a base aérea do Rio no início desta tarde, e deve chegar no fim da noite em Johannesburgo. 

Dilma e quatro ex-presidentes assistirão ao funeral de Nelson Mandela
Dilma e quatro ex-presidentes assistirão ao funeral de Nelson Mandela

Pelo twitter, Dilma destacou a presença dos quatro ex-presidentes do país e disse que a companhia deles na comitiva é demonstração de que “não há divergências partidárias em assuntos de Estado no Brasil”.  “Estou viajando acompanhada dos ex-presidentes Sarney, Collor, Fernando Henrique e Lula para acompanhar os funerais do grande líder Mandela. É uma honra poder reunir todos os ex-presidentes num objetivo comum. O Estado brasileiro se une para honrar Mandela, exemplo que guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz. É uma demonstração de que as eventuais divergências no dia-a-dia não contaminam as posições do Estado Brasileiro”, disse a presidente em sua conta oficial no Twitter, onde é seguida por mais de 2 milhões de pessoas. 

>> Zuma: morte de Mandela é uma perda sem precedentes para a África do Sul

>> Funeral de Nelson Mandela será no dia 15 de dezembro

>> Brasil decreta sete dias de luto pela morte de Mandela

>> Para Dilma, Mandela foi "personalidade maior do século XX"

>> Para Lula, morte de Mandela é perda de figura extraordinária

>> Líderes mundiais lamentam morte de Mandela

>> Presidentes latino-americanos ressaltam legado de Mandela

>> Leia frases do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela

>> Para FHC, Mandela foi figura única e quase um profeta

>> El País afirma que Brasil foi o país que cativou Mandela

>> Papa Francisco homenageia Mandela pela construção de uma nova África do Sul

Segundo a imprensa internacional, mais de 90 chefes de Estado do mundo devem participar das solenidades de sepultamento de Mandela. Os rituais se darão no estádio FNB, em Johannesburgo, que é o mesmo estádio onde Nelson Mandela assistiu à Copa do Mundo, em 2010.  

Além de Dilma Rousseff e os ex-presidentes brasileiros, a presença dos presidentes Barack Obama (EUA), François Hollande (França) e Raúl Castro (Cuba) também são aguardadas pelo cerimonial do governo da África do Sul.  

Tags: africanos, homenagens, madiba, morte, nelson

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.